Como identificar problemas no sistema de escapamento do veículo


Quando seu veículo apresentar excesso de ruído, o motorista deve levar seu carro para um centro automotivo para conferir o seu sistema de exaustão. As alterações no nível de ruído do veículo são caracterizados por: sopros de gases, chocalhos no catalisador, som estridente, ressonâncias ao trocar marchas, baixo rendimento e excesso de consumo de combustível. Caso seu carro apresente um destes problemas, é recomendável checar o sistema de escape. Fique ligado na quilometragem do carro, pois a durabilidade mínima de um catalisador é de 40 mil km. Procurar por danos ou furos em todo o conjunto é uma dica importante.

Atenção - A corrosão do sistema de escapamento ocorre de dentro para fora, ou seja, a quebra é consequência de danos na estrutura interna dos abafadores e silenciosos e, portanto, soldar o local rompido não é suficiente para que o fluxo de gases internos seja direcionado da maneira correta, isto afeta do mesmo modo a taxa de contra-pressão de trabalho do motor. Além do mais, os serviços de solda não são suficientes para dar durabilidade contra corrosão no local.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Placas de aviso para radares não são mais obrigatórias

Como ter o melhor funcionamento do ar-condicionado do seu veículo no verão

Volvo e Siemens firmam parceria para motores elétricos