Governo divulga lista de isenção do aumento de IPI para 18 montadoras

(Foto: Diego Fortes)
O Governo Federal divulgou nesta terça-feira (31) uma lista com o nome de 18 montadoras que foram isentas do aumento recente do Imposto sobre produtos Industrializados (IPI) para modelos importados. Porém, a relação publicada hoje no Diário Oficial da União, traz, em sua maioria, empresas afiliadas a Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Essa isenção só é válida para os importados do eixo Mercosul-México. Os veículos trazidos da Europa e Japão continuam sob a ação do imposto. Confira a lista de montadoras liberadas do imposto: Agrale, Caoa (Hyundai), Fiat, Ford, General Motors, Honda, Iveco, MAN, MMC Automotores (Mitsubishi), Mercedes-Benz do Brasil (caminhões), Nissan, PSA Peugeot Citroën, Renault, Scania, Toyota, Volkswagen, Volvo e MWN International. A lista excluí todas as afiliadas da Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos). De acordo com o Governo, para que as demais montadoras "escapem" da alta do IPI é exigido 65% de índice de nacionalização, e einvestimentos em pesquisa e desenvolvimento. As condições fazem parte do plano "Brasil Maior", criado no fim de 2011 para estimular e proteger a indústria nacional, incluindo as montadoras instaladas em território nacional. Para as montadoras fora da lista de isenção, o aumento da alíquota será de 30 pontos percentuais sobre o IPI, que varia de 7% a 25%, dependendo da motorização do veículo. A medida vale até dezembro de 2012, podendo ser estendida, e vale para modelos nacionais ou trazidos do eixo Mercosul-México. O grupo de montadoras fora da lista reúne 27 marcas, entre elas as chinesas, as sul-coreanas e as fábricas de carros de luxo e superesportivos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mitsubishi lança última série especial do coupê Eclipse

Governo do Estado divulga calendário de pagamento do IPVA 2012

Placas de aviso para radares não são mais obrigatórias