Di Grassi fala de seu desempenho no GP da Autrália


Em sua segunda corrida na Fórmula 1, Lucas di Grassi teve a oportunidade de andar um pouco mais com o péssimo carro da Virgin. Foram 26 voltas dadas em um total de 58 da prova.

O problema na bomba de combustível verificado nos dois carros da equipe no sábado durante o treino classificatório obrigou o time fazer a troca das peças no sábado à noite. Por isso, tanto Lucas como seu companheiro de equipe Timo Glock foram obrigados a largar dos boxes.

"A corrida foi boa, apesar de termos de largar dos boxes por causa do defeito na bomba de combustível, que tivemos de trocar. Com a pista molhada, a primeira parte da prova foi normal, com o carro se comportando bem", comentou Lucas. "Infelizmente, paramos um pouco mais tarde que os outros para fazer a troca para os pneus de pista seca e por isso perdemos algum tempo, mas tudo estava correndo bem", narrou.

Comentários

Postagens mais visitadas