Schumacher volta a se sentir um menino na Mercedes


Michael Schumacher não esconde a felicidade de voltar as pistas, agora totalmente revigorado e cheio de vontade.

Aos 41 anos de idade o piloto não é nem sombra daquele Schumacher que se despediu da F-1 com uma cara abatida e de cansaso.

- Sinto como se estivesse em 1991, sinceramente. Quando cheguei na F-1, fiquei chocado na primeira volta e extremamente excitado da segunda em diante. E é exatamente o mesmo, hoje. Me sinto como um jovem que tem um brinquedo na mão e se diverte - comentou, alegre, o heptacampeão mundial.

A Mercedes tem total condição de dar tanto a Schumacher quanto a Rosberg condições reais de brigar pelo título, o carro foi muito bem nos treinos de Valência, e o que se espera é uma melhora do carro, pois os pilotos são de ótima qualidade.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Placas de aviso para radares não são mais obrigatórias

Como ter o melhor funcionamento do ar-condicionado do seu veículo no verão

Volvo e Siemens firmam parceria para motores elétricos