Renault revela concept-car Captur





Após surgirem as primeiras imagens flagradas pelo site português Autohoje, a Renault resolveu divulgar as imagens e informações oficiais do seu mais novo conceito, o Captur. O pequeno crossover foi apresentado oficialmente e chega para competir com o seu “primo” da Aliança Renault/Nissan, o Juke. Segundo informações da montadora francesa, o Captur mede 4,2 metros de comprimento e 261 mm de altura ao solo, o Captur prefigura um modelo de série que deverá chegar ao mercado em 2013. Segundo Laurens Van den Acker, chefe de estilo da Renault, o carro é definido da seguinte forma: “um crossover divertido e desportivo, destinado a um jovem casal pronto para descobrir o Mundo.” Por fora o modelo tem semelhança com o o concept-car DeZir, mantendo a frente que será a imagem de todos os modelos da Renault nos próximos lançamentos. O conceito possui um teto rígido, que pode ser removido e que revela uma estrutura em carbono que permite converter o modelo de um coupê para um conversível. As portas se abrem como “asa de gaivota”, e possui rodas de 22 polegadas, ante as 20 como foi revelado anteriormente.

Por dentro, o Renault Captur possui quatro bancos, que estão ligados ao console central, como se estivessem suspensos no ar, sendo o ambiente dominado pela simplicidade e pela ausência de equipamentos supérfluos, como costumam ser os carros conceitos. Os painéis das portas, e do tablier são feitos de material translúcido e os bancos, com estrutura em carbono, usam fibras elásticas esticadas “para fazer lembrar o universo da vela ou da alta montanha” como afirma Kana Watanabe, o estilista responsável pelo interior. No porta-malas, são três níveis definidos por tapeçarias entrançadas, como se fossem pequenas camas de rede. O motor é o 1.6 dCi Twinturbo com 160 cv e 380 Nm de torque máximo, desenvolvido com base no dCi 130 apresentado no último salão de Paris. O propulsor trabalha em conjunto com uma caixa de câmbio de dupla embreagem EDC e tem emissões que conseguem ficar abaixo da barreira dos 100 g/Km, emitindo 99g/Km de CO2. O modelo estreia ainda o sistema RX2, um diferencial autoblocante mecânico que reparte o torque pelas duas rodas motrizes dianteiras, de acordo com a aderência de cada uma em cada momento. (Por: carpointnews.blogspot.com)

Comentários

Postagens mais visitadas